Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2016

IFPB DE SANTA LUZIA TERÁ CURSO NA ÁREA DE MINERAÇÃO

O governador Ricardo Coutinho assinou, nesta quarta-feira (28), a ordem de serviço para a construção de mais seis Escolas Técnicas na Paraíba, em parceria com o Governo Federal, que liberou inicialmente recursos na ordem de quase R$ 10 milhões. Ele ainda autorizou a abertura do processo licitatório da reforma e construção de um ginásio esportivo na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Coelho Lisboa, em Santa Luzia. A obra representa um investimento de mais de R$ 3 milhões. O Ministro da Educação, Mendonça Filho, participou da solenidade e anunciou a construção de um novo Campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), em Santa Luzia. Deputados federais e estaduais, prefeitos, auxiliares do Governo e lideranças da região também estavam presentes. A Paraíba possui seis Escolas Técnicas em funcionamento nas cidades de João Pessoa, Bayeux, Cuité, São Bento, Mamanguape e Cajazeiras. As novas escolas serão construídas em Campina Grande, Patos, Itapor…

OS ROYALTIES E A MINERAÇÃO. POR JONY PETERSON

Pessoal como vão? Nas últimas semanas muitos alunos me perguntam sobre os royalties da mineração, se esta compensação é diferente da CFEM (Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais). Já foi publicado aqui no blog o artigo http://sobrinhopicui.blogspot.com.br/2016/03/o-que-e-cfem.html?q=cfem, porém vou explicar um pouco por que se tornou popular chamar a CFEM de royalties da mineração.
Primeiramente Royalty significa em sua tradução literal “realeza”, isso remete ao pagamento feito ao rei pelo uso temporário ou permanente das terras reais para realização de qualquer atividade, ou seja, é uma quantia paga por alguém pelo direito de usar, explorar ou comercializar um produto, obra, terreno, etc. diretamente ao proprietário das terras.
No contexto empresarial, muitas vezes uma pessoa investe dinheiro em uma empresa, cobrando depois royalties, uma porcentagem do faturamento obtido na venda do produto ou serviço. Também pode ser um valor fixo por cada unidade do produto. Alé…

POSICIONAMENTO TECTONOESTRUTURAL DOS PEGMATITOS DE PICUÍ-PB

Segundo o trabalho intitulado: “COOPERATIVISMO MINERAL COMO PROPULSOR DA ATIVIDADE GARIMPEIRA NOS PEGMATITOS DE PICUÍ-PB.”  De autoria do Técnico em Mineração Antonio de Pádua Sobrinho e do Geólogo Francisco  de Assis Souza. Disponível em: http://searchentmme.yang.art.br/download/2013/eletrometalurgia-electrometallurgy/2355%20-%20SOUZA,%20F.A.-%20COOPERATIVISMO%20MINERAL%20COMO%20PROPULSOR%20DA%20ATIVIDADE%20GARIMPEIRA%20NOS%20PEGMATITOS%20DE%20PICU%C3%8D-PB.pdf

  Trabalhos clássicos (CRANDALL, 1910, MORAES, 1924) fazem referências aos corpos pegmatíticos do Planalto da Borborema, destacando sua abundância e importância econômica para o setor mineral. Porém, a denominação “Província Pegmatítica da Borborema foi sugerida por Scorza (1944), para a área de domínio dos pegmatitos, inserida em parte dos Estados do Rio Grande do Norte e Paraíba. Os corpos pegmatíticos do município de Picuí, objeto do presente estudo, são intrusivos essencialmente nos granada-biotita xistos do Grupo Seridó. …

IFPB de Santa Luzia terá curso de Engenharia de Minas e Energias Renováveis

O novo Campus do Instituto Federal da Paraíba, que vai ter sua instalação anunciada na próxima quarta-feira (28) em Santa Luzia, terá os cursos de Energias Renováveis (solar e eólica), Engenharia de Minas e da Computação. A instituição vai atender, principalmente, estudantes do Vale do Sabugi e o investimento será de R$ 14 milhões.
O lançamento será feito pelo ministro da Educação, o pernambucano Mendonça Filho (DEM). O deputado federal paraibano, Efraim Filho, do mesmo partido, confirmou a vinda do ministro.
“É uma região que até hoje era carente, nem tinha campus universitário, nem um Instituto Federal. Nós conseguimos dar um foco totalmente de vanguarda com os cursos oferecidos”, ressalta Efraim.
Mendonça Filho também vai anunciar e assinar a liberação de R$ 9 milhões para construção de seis escolas técnicas de ensino médio. Elas fazem parte do novo programa do ministério, “Médio Tec”. As cidades escolhidas para receber as instituição foram Sousa, Princesa Isabel, Serra Branca, Patos…

CERTIFICADOS - I MOSTRA DE CONSTRUÇÃO E ARQUITETURA

Prezados Participantes, 

Segue o link de todos os certificados, onde você terá que seguir os seguintes passos para baixar os mesmos:  Clique neste link para ter acesso aos certificados: https://onedrive.live.com/?authkey=%21AD4B3FcYdKE5bJU&id=6858DF75563EF72%21126356&cid=06858DF75563EF722° Clique na primeira atividade que você participou e procure o arquivo Excel. Abra-o. Na lista, ao lado do seu nome, tem o número do seu certificado. Procure o número do mesmo, e então procure o certificado que confere com o número correspondente e baixe-o. Faça isso nas demais atividades que você participou. Qualquer dúvida entre em contato com o responsável pelos certificados Luccas Brito Nunes Moreira.  E-mail: luccasbrito2010@hotmail.com  ||  luccasbrito100@gmail.com
Cordialmente,  Camila Campos Gómez Famá  mostraca2016@gmail.com

FREI MARTINHO, PICUÍ NOVA PALMEIRA E PEDRA LAVRADA ESTÃO ENTRE OS MUNICÍPIOS PARAIBANOS CUJA ECONOMIA PRIMÁRIA PRINCIPAL É A ATIVIDADE MINERAL.

Os municípios de  Frei Martinho, Picuí ,Nova Palmeira e Pedra Lavrada segundo o Técnico em Mineração Antônio de Pádua Sobrinho(Foto)  estão entre os municípios paraibanos cuja economia primária principal é a atividade mineral.
“Estas cidades estão localizadas na província pegmatítica do Seridó,  onde os corpos  pegmatíticos intrusivos  nos  micaxisto apresentam em termos de diversidade e de quantidade  a concentração  de minerais industriais como quartzo, feldspato, moscovita, além de  minerais como turmalina, água-marinha, tantalita-columbita dentre outros.” Disse

ANTONIO DE PÁDUA SOBRINHO- PERFIL PROFISSIONAL

Antonio de Pádua Caetano de Lima Sobrinho
Formação acadêmica/titulação
Ø Técnico em Mineração. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba, IFPB, Brasil.

Ø Graduando em Letras - Língua Portuguesa. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba, IFPB, Brasil.
Formação Complementar

Ø Curso de Formação dos Professores do Ensino Médio. (Carga horária: 100h).
Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Brasil.
Minicursos:
Ø Perfuração e desmonte de rochas com explosivos-
Ø Utilização da Bússola Geológica
Ø Oficina:fabricação de aquecedor solar com garrafa Pet.
Ø Trab na adm de empresas Agro-silvo-pastoris.
Ø Extensão universitária em Geodiversidade e turismo.Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.
Ø Gestão básica de coop para o pequeno minerador
Ø 1º Socorros , Segurança e Saúde na Mineração
Ø Metodologia de Extra e Bene de rochas ornamentais.
Ø Blaster
Atuação Profissional
Vínculo institucional 2012 – 2012
Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funciona…

AÇÕES DESENVOLVIDAS NO CURSO DE MINERAÇÃO DA ESCOLA PADRE JERÔNIMO EM 2016.

Os alunos  do Curso de Mineração da Escola Padre Jerônimo Lauwen,  da cidade de  Santa Luzia, participaram neste ano de 2016  de uma série de atividades  que tiveram  o objetivo  melhorar a qualidade do ensino profissionalizante  oferecido pela  escola. Sob a coordenação do professor Antônio de Pádua Sobrinho, foram  realizadas as seguintes ações:
     Participação  e apresentação de trabalhos dos alunos  na I Semana de Mineração, Meio Ambiente e Sustentabilidade (Seminas), realizada no IFPB Campus de Campina Grande, entre os  23 a 25 de maio de 2016.  Além  de apresentarem trabalhos, participaram das palestras, minicursos e conheceram os laboratórios do curso do IFPB.
Visitas técnicas e articulação com o setor produtivo.As visitas técnicas as empresas de mineração oportunizaram a interação dos conhecimentos teóricos ministrados em sala de aula com as atividades práticas realizadas no campo, sendo possível aprimorar o processo ensino e aprendizagem, permitindo que os alunos tivessem cond…

O QUE FAZ UM TÉC EM MINERAÇÃO? ASSISTA.

O minério é uma importante matéria-prima para diversos produtos industriais. Em todo o processo de produção, da extração ao controle de qualidade, o técnico em mineração é fundamental. Para conhecer essa profissão de perto, a Flávia foi a um lugar bem sugestivo: Minas Gerais. Ela visitou duas minas a céu aberto e uma escola, e se surpreendeu com o impacto desse profissional na economia.

Canal Futura
Assista:

PATRIMÔNIO GEOLÓGICO DE PICUÍ PODE SER APROVEITADO PARA O GEOTURISMO DIZ TÉC EM MINERAÇÃO.

O geoturismo, é um novo ramo do turismo, traz a oportunidade para que áreas com potencialidades naturais possam se desenvolver de forma sustentável e valorizando não só os elementos de fauna e flora, mas principalmente o patrimônio geológico-geomorfológico, proporcionando ao turista não só a admiração da paisagem, mas o entendimento dos processos que se sucederam até que ela se formasse e quais os processos que continuam a atuar sobre ela (CAVALCANTE, 2011).
Segundo o Técnico em Mineração, Antonio de Pádua Sobrinho   o  município  de Picuí, localizado  na região do Seridó Oriental Paraibano, ao logo da história  foi submetido a processos naturais que resultaram  em um  vasto  patrimônio geológico , que segundo Brilha (2005), corresponde aos locais que apresentam  as seguintes características: Abióticas (geologia, geomorfologia, hidrografia e/ou clima) singulares, que podem estar associados a elementos históricos e culturais (sítios arqueológicose paleontológicos, por exemplo).
“O patrim…