Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2017

VEJA A PROGRAMAÇÃO DA II SEMANA DE MINERAÇÃO DO IFPB/PICUÍ AMANHÃ 01/02/17

PALESTRAS MOVIMENTAM A II SEMANA DE MINERAÇÃO DO IFPB/CAMPUS PICUÍ

A  II Semana de mineração do IFPB/Campus Picuí, realizada de 30/01 á 01/02 de 2017, tem promovido um ciclo de palestras, cujo  o objetivo é  despertar nos futuros profissionais a consciência ambiental e sua preservação, com ênfase na sustentabilidade, por  meio das palestras os alunos estão tendo  a oportunidade  de conhecer técnicas utilizadas atualmente no mercado para tornar a exploração mais sustentável, além de promover  a troca de experiência com profissionais do setor, entre os palestrantes, estão  representantes de empresas , do Governo do Estado e do Ministério Público.
Hoje, 31 de janeiro a programação contou com a   participação de professores e alunos  da UFCG. O ciclo de palestra iniciou-se com o  Prof. Dr. Dwight Rodrigues Soares IFPB – Campus Campina Grande  com a palestra: Lavra de Pegmatitos na Região do Seridó.Em seguida  o Eng. de Minas Luís Eduardo de Vasconcelos Chaves da DESMONTEC   proferiu a palestra: Desmonte de Rochas, por fim  o Eng. de Minas Rafael Chagas Si…

PROJETO: APL: DESENVOLVIMENTO EM REDE DO APL EM PEGMATITO RN/PB RECEBE PRÊMIO MELHORES PRÁTICAS EM APL DE BASE MINERAL

O Prêmio Melhores Práticas é uma iniciativa da RedeAPLmineral, que visa reconhecer as práticas inéditas realizadas no âmbito da cadeia produtiva do setor mineral. Podem participar do concurso atores da mineração de pequeno e médio porte, sob a forma de APLs que tiveram êxito na realização de métodos e técnicas que envolvam procedimentos gerenciais e tecnológicos. Os resultados de tais técnicas devem apresentar ganhos ambientais, financeiros e de mercado ou contribuições para sustentabilidade de seus negócios.
Veja os vencedores em 2016: 
1º Lugar
APL: Quartizitos da Região de São Tomé das Letras
Representante: José Christiano Villas Boas
Prática vencedora: Redução do Consumo de água.
Acesse a prática 2º lugar APL: Cerâmica de Santa Gertrudes
Representante: Benjamin Ferreira Neto
Prática vencedora: Reaproveitar os resíduos do polo cerâmico da região de Cordeirópolis e Limeira promovendo consciência da importância da adoção de atitudes locais em busca da sustentabilidade: de…

II SEMANA DE MINERAÇÃO DO IFPB/CAMPUS PICUÍ FOI INICIADA HOJE 30/01

II SEMANA DE MINERAÇÃO DO IFPB/CAMPUS PICUÍ FOI INICIADA HOJE

A II Semana de Mineração do IFPB/Campus Picuí possui o intuito de contribuir para a formação dos futuros profissionais do setor mineral, fornecendo-lhes informações sobre a realidade do mercado de trabalho para seu melhor aproveitamento profissional, e para provocar a reflexão da comunidade acadêmica sobre o ensino e a ética na profissão de Técnicos em mineração e de outros profissionais que atuam nessa área.Confira a programação completa de palestras.

Hoje, 30 de Janeiro, a programação contou com a   palestra do  Prof. Dr. Antônio Pedro Ferreira Sousa UFCG – Campus Campina Grande  com o tema: Mineração e Sustentabilidade no Seridó.  Além das palestras do Eng. de Minas  da José Soares de Brito  sobre as Ações do Governo do Estado da Paraíba para o setor mineral e atividade de Rochas Ornamentais, finalizando com uma palestra da Geografa Maria José Vicente de Barros  representante do Ministério Público do Estado da Paraíba – C…

II SEMANA DE MINERAÇÃO DO IFPB COMEÇA HOJE 30/01 VEJA A PROGRAMAÇÃO

A II Semana de Mineração terá incio hoje, logo mais as 13h30min no mini auditório do IFPB/Campus Picuí, contamos com a presença de todos. Teremos a seguinte programação para a tarde de hoje:

ESTUDANTE SANTALUZIENSE REPRESENTA A CIDADE NA BIENAL DA UNE

O estudante santaluziense Hiury Souza está participando da décima Bienal da UNE, através do terceiro ENG (Encontro Nacional de Grêmios). Hiury está levando o nome de Santa Luzia junto de outros alunos paraibanos à capital do Ceará, Fortaleza. Hiury é mais um dos mais de seis mil estudantes que participam da Bienal, que é o maior evento cultural estudantil da América Latina. Shows culturais estão sendo confirmados, como Chico César, Emicida e Gaby Amarantos, além de  debates políticos, com a participação de economistas, juristas e representantes de ideologias, como Ciro Gomes e Luciana Genro, que já marcaram presença no evento. Serão quatro dias de aprendizado sobre a política e identidade brasileiras, numa experiência esplêndida que visa enaltecer o seu currículo.



Além disso, a Bienal, que nesta edição está sendo titulada como "Feira da Reinvenção" contará com inúmeros stand's culturais, com destaque para os mais longínquos cenários da capital cearense, que recebe essa ed…

SAIBA O QUE CFEM E VEJA QUANTO SEU MUNICÍPIO ARRECADA

A Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais, estabelecida pela Constituição de 1988, em seu Art. 20, § 1o, é devida aos Estados, ao Distrito Federal, aos Municípios, e aos órgãos da administração da União, como contraprestação pela utilização econômica dos recursos minerais em seus respectivos territórios. Quem administra a CFEM? Ao Departamento Nacional de Produção Mineral-DNPM compete baixar normas e exercer fiscalização sobre a arrecadação da CFEM (Lei Nº 8.876/94, art. 3º - inciso IX). Quem são os contribuintes da CFEM? A Compensação Financeira é devida por quem exerce atividade de mineração em decorrência da exploração ou extração de recursos minerais. A exploração de recursos minerais consiste na retirada de substâncias minerais da jazida, mina, salina ou outro depósito mineral, para fins de aproveitamento econômico. Quando é devida a CFEM? Constitui fato gerador da Compensação Financeira a saída por venda do produto mineral das áreas da jazida, mina, salina ou outros…

IFPB/ PICUÍ REALIZARÁ 2ª SEMANA DE MINERAÇÃO NOS DIAS 30 E 31 DE JANEIRO E 1º DE FEVEREIRO

O Campus Picuí do IFPB está organizando a 2ª Semana de Mineração. O evento vai acontecer nos dias 30 e 31 de janeiro e 1º de fevereiro, no período da tarde, no próprio campus. A programação tem participação de professores do campus Campina Grande do Instituto e da UFCG. Tanto o campus Picuí quanto o de Campina têm cursos técnicos de Mineração, setor econômico muito promissor na Paraíba. Entre os palestrantes, representantes de empresas do setor, do Governo do Estado e do Ministério Público. O evento deve trazer um panorama extenso dessa área de atuação, envolvendo também as questões ambientais. Acesse aqui:  a programação completa. O evento é gratuito e aberto à comunidade, mas é preciso realizar inscrição antes.
Ana Carolina Abiahy – jornalista do IFPB


ATIVIDADE GARIMPEIRA NO MUNICÍPIO DE PICUÍ ESTÁ ESQUECIDA. DIZ TÉC EM MINERAÇÃO

O extrativismo mineral no município de Picuí, Paraíba,  constitui a atividade garimpeira de maior relevância da Província Pegmatítica do Seridó. Desde a exploração da tantalita dos  pegmatitos pelos norte-americanos durante a segunda guerra mundial para fabricação de armamento bélico até os dias atuais.
Segundo o Pesquisador e Técnico emMineração, Antônio de Pádua Sobrinho(Foto), a atividade garimpeira no Município de Picuí está esquecida, apesar de alguns investimentos que foram implementados  para organizar a atividade  por parte de alguns órgãos e instituições governamentais, infelizmente não houve avanços significativos, as lavras continuam sendo exploradas  de forma rudimentar,  os garimpeiros continuam empregando-se  de métodos e instrumentos rústicos para obtenção dos bens minerais , sem  planejamento logístico nas operações de pesquisa e extração, que dificultam enormemente o desmonte, transporte, carregamento e escoamento da produção que na maioria das vezes é repassada  por p…

ESPESSARTITA FOI DESCOBERTA NO ERMO ENTRE OS MUNICÍPIOS DE CARNAÚBA DOS DANTAS E FREI MARTINHO.

“ A Espessartita  foi descoberta por volta de 1800,em Sperssart na Bavaria, Alemanha e logo em seguida em um corpo pegmatítico em Rutherford,Amélia, na Virginia.Alguns anos depois, em1903 foi encontrada nas localidades de Littler Three  e Hércules   em Romona, San Diego, Califórnia .  No Brasil  Possivelmente a descoberta seguinte ocorreu no Brasil, em 1919, exatamente o achado “Pedra Bonita” do Mirador, localizado no Ermo entre os Municípios de  Carnaúba dos Dantas e Frei Martinho.” ( Trecho retirado do livro Trilhas da Mineração do Seridó- de Autoria do Geólogo José Aderaldo de Medeiros Ferreira).
Segundo dados do autor a Espessartita quando preciosa é uma gema de grande densidade (4,3), de relativa e alta dureza (7,25) tem índice de refraçãoalto,no limite máximo da escala de refratômetros (1, 810) e em função disto transmite uma excepcional brilhância, propriedade que dá, por exemplo,aos diamantes maior valor, além de estar relacionada entre as mais raras da natureza.

O  Pesquisado…

{VÍDEO) ANTONIO DE PÁDUA SOBRINHO FALA DA MINERAÇÃO DE PICUÍ -ASSISTA

O pesquisador e Técnico em Mineração, Antonio de Pádua Sobrinho em entrevista ao  programa “Cultura do nosso povo” apresentado pelo reporte e cantor Lima Barros, por meio da Creative TV. Picuí-PB. Falou um pouco da atividade mineral de Picuí. 


Assista: 

VEJA A PROGRAMAÇÃO DA II SEMANA DE MINERAÇÃO DO IFPB/PICUÍ

A II Semana de Mineração do IFPB/Campus Picuí possui o intuito de contribuir para a formação dos futuros profissionais do setor mineral, fornecendo-lhes informações sobre a realidade do mercado de trabalho para seu melhor aproveitamento profissional, e para provocar a reflexão da comunidade acadêmica sobre o ensino e a ética na profissão de Técnicos em mineração e de outros profissionais que atuam nessa área.Confira a programação completa de palestras.
Veja a programação: 

SCHEELITAS NUNCA ANTES ENCONTRADAS NO BRASIL, FORAM DESCOBERTAS NO MUNICÍPIO DE PEDRA LAVRADA.

O  livro “Trilhas da Mineração no Seridó”, de autoria do Geólogo Santaluziense  José Aderaldo de Medeiros Ferreira,  traz   informações técnicas e científicas sobre o potencial mineral do Seridó Paraibano, desconhecido pela maioria da população. Segundo informações relatadas pelo autor na página 83  do livro: “ Scheelitas incolores e transparentes, nunca antes encontradas no Brasil, foram descobertas associadas a um corpo feldspático, no local  Barra da Canoa Município  de Pedra Lavrada. Os cristais estavam distribuídos em um bolsão de lama, todos corroídos, todos transparentes, o conjunto pesando em tono de 800g, o maior dos cristais com 40g! Uma rara curiosidade das tantas que notabilizam o Seridó como região produtora de gemas e de amostras minerais de inconfundível beleza.” (Trecho Retirado do livro).
Para mais informações acesse o livro: 
https://issuu.com/didavania/docs/trilhas_da_minera____o_no_serid___p

MUNICÍPIO DE SANTA LUZIA É FORTE NA MINERAÇÃO.

O subsolo do município de Santa Luzia, localizado na região do Seridó ocidental Paraibano possui um elevado potencial mineral onde se destaca a ocorrência  de vermiculita, calcário,  scheelita,  granito e gemas como água –marinha, turmalina  dentre outros minerais.
Segundo o Pesquisador e Técnico em Mineração, Antônio de Pádua Sobrinho, Santa Luzia, já foi centro produtor do metal  tungstênio na região,  tendo  como referencia a Mina da Quixaba onde até hoje se explora a Scheelita mineral de onde se retira o metal.  Na época a Mina ficava localizada no município de Santa Luzia foi descoberta em 1942, hoje pertence ao município de Várzea.  

Em reportagem exibida na Tv Correio da Paraíba,  no programa correio cidades em alusão ao aniversário da cidade o Técnico destacou a atividade mineral da região assista a reportagem:


Fonte foto: https://www.flickr.com/photos/aspmec/8080203129

IFPB CAMPUS PICUÍ REALIZARÁ 2ª SEMANA DE MINERAÇÃO- VEJA A PROGRAMAÇÃO

Data: 30/01/2017
Abertura – Apresentação Cultural
 Horário: 13h e 30 min Prof. Dr. Antônio Pedro Ferreira Sousa UFCG – Campus Campina Grande Palestra: Mineração e Sustentabilidade no Seridó
 Horário: 14h e 30 min Governo do Estado da Paraíba – SEIRHMACT Eng. de Minas José Soares de Brito Palestra: Ações do Governo do Estado da Paraíba para o setor mineral e atividade de Rochas Ornamentais.
Coffe break
Horário: 16h Me. Maria José Vicente de Barros Ministério Público do Estado da Paraíba – CAOP do Meio Ambiente Palestra: A necessidade do licenciamento ambiental para a atividade mineral.
Data: 31/01/2017
Horário: 13h e 30 min Prof. Dr. Dwight Rodrigues Soares IFPB – Campus Campina Grande Palestra: Lavra de Pegmatitos na Região do Seridó.
Horário: 14h e 30 min Eng. de Minas Luís Eduardo de Vasconcelos Chaves DESMONTEC Palestra: Desmonte de Rochas.
Coffe break
Horário: 16h Eng. de Minas Rafael Chagas Silva IFPB – Campus Picuí Palestra: Minerais e Gemas.
Data: 01/02/2017
 Horário: 13h e 30 min Eng.…

MINERAL RARO PODE TER SIDO ENCONTRADO EM FREI MARTINHO PARAÍBA

ÁGUA MARINHA TIDA COMO PEDRA PRECIOSA FOI DESCOBERTA DE FORMA ISOLADA EM SANTA LUZIA NO ALTO SÃO SEBASTIÃO

A ETERNA BUSCA DE PEDRAS E ILUSÕES

Entre a Paraíba e o Rio Grande do Norte, Seridó alimenta sonhos de caçadores de minérios. JOÃO MAURO ARAÚJO

“Só acredito que essa terra venha a ser rica quando suas pedras derem dinheiro”, comentou em 1907 o futuro governador do Rio Grande do Norte e senador da República José Augusto Bezerra de Medeiros em viagem a Acari, no interior do estado. Ironicamente, pouco depois, o advento da 1ª Guerra Mundial confirmaria de certo modo seu prognóstico, graças a uma incipiente exportação de mica – mineral com várias aplicações industriais –, lavrada no lugar que algumas décadas mais tarde seria chamado de Província Pegmatítica da Borborema-Seridó. Essa faixa de terra na fronteira dos estados do Rio Grande do Norte e da Paraíba, que abrange parte da borda ocidental do planalto da Borborema e as microrregiões do Seridó, destaca-se geologicamente pela presença de pegmatitos – rochas que abrigam diversos tipos de minerais metálicos de uso industrial e gemas. A comercialização de mica do Seridó im…

A MINA ESCOLA EM SANTA LUZIA PODE SER USADA PARA ATIVIDADES PRÁTICAS DE MINERAÇÃO.

A Mina Escola  fica  localizada as margens da BR-230 que corta o Sertão do Estado da Paraíba, quem passa pela cidade de Santa Luzia com destino à  Patos ou de Patos destino à Campina Grande,  consegue ver suas instalações.
Segundo o técnico em Mineração Antônio de Pádua Sobrinho, a Mina Escola   apesar de está desativada continua sendo um  verdadeiro laboratório podendo  ser utilizada para a realização de  aulas práticas para  estudantes de Engenharia de Minas, de Geologia, e de técnicos em mineração ou até mesmo como ferramenta para projetos que buscam o desenvolvimento da Mineração no Estado. “Percorrendo as instalações da Mina é possível observar que muitas aulas podem ser ministradas no local, como de Geologia, Lavra, desmonte de rochas e beneficiamento de Minérios, ou quem sabe utiliza-la  para o turismo,tendo em vista o seu valor histórico e cultural,  em sua maioria desconhecido pelas gerações mais jovens,  seria  uma forma de preserva esse patrimônio  como acontece em algumas M…